Dicas, Tecnologia, Universo Geek
08 DE setembro DE 2017 COMENTÁRIOS

A interação por voz via gadgets, como smartphones, tablets, eletroeletrônicos, GPSs automotivos e uma infinidade de outros aparelhos, parece mesmo ter vindo pra ficar. O recurso que, antes era tratado somente como mais uma função secundária dos aparelhos, tem ganhado cada vez mais espaço, tanto na vida do consumidor, quanto na mídia. Isso por que ele facilita processos de busca, reduz atritos de compra e, principalmente, ajuda a democratizar o acesso à informação em um contexto de pessoas cada dia mais multitarefas.

Outra grande vantagem do recurso, é a sua grande capacidade de oferecer experiências completamente personalizadas para cada usuário, uma vez que a interface é extremamente inteligente e programada para analisar com quem a pessoa está falando, de onde fala, seu jeito de falar, os termos e expressões mais utilizados, entre outras coisas. Mas como toda grande inovação, essa também levanta algumas polêmicas e um certo receio por parte do público.

Fato é que o futuro já está acontecendo e não há caminho de volta. E você, acha que esse recurso veio para facilitar a vida do consumidor, ou para abastecer os bancos de dados das megaempresas que querem fisgar o consumidor por todos os lados? Me conta aí nos comentários a sua opinião.